A Menina que Roubava Livros

Livro

Hoje eu ia falar sobre as reformas malditas na Língua Portuguesa, mas sabe quando você pega um livro de 400 páginas e devora? Aconteceu isso comigo essa semana, com A menina que roubava livros, do Markus Zusak, livro que está na lista dos mais lidos. A história acontece na Alemanha nazista, e é contada pela Morte. O negócio é o seguinte: uma menininha alemã, Liesel Meminger, se encontra três vezes com a Dona Morte, e sai ilesa nas três. Liesel começa sua carreira de “roubadora” de livros na primeira vez que encontra a Morte, e dali, se estende uma carreira promissora, nas palavras da própria “Dama de Negro”.

Por se passar na Alemanha nazista, você acaba aprendendo muitas expressões em alemão, e cria uma visão diferente sobre os alemães e sua relação com o Führer Hitler. Mesmo que 90% da população alemã tenha concordado com os ideais nazistas, ainda existiam os 10% que não eram favoráveis, e é exatamente esse lado que Zusak mostra como protagonista do livro.
Foi o primeiro livro que li e quase me fez chorar! Zusak tem um humor ferino e uma originalidade que não se colocam em questão, conseguiu criar personagens tão carismáticos e vivos que eu já sinto saudade. 🙂

Por Thalita Coelho

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: