Foi mal aí, Machado.

machadodeassis.jpg

Hoje o post é mais um pedido de desculpas pessoal. O fato é que eu pelei a língua quando critiquei o estilo de Joaquim Maria Machado de Assis. No ano passado, eu tentei ler Dom Casmurro, e logo no começo da história fui achando tudo muito ruim, narração ruim, enredo ruim, personagens ruins, no fim das contas criei uma barreira contra qualquer obra do Machadinho (apelido pelo qual o escritor era chamado pela família). Desisti de ler Dom Casmurro e fiquei assim mesmo, falando mal do estilo de narração e blá blá blá, óbvio que nunca falei mal do escritor em si, até porque um cara que aprende português, alemão, inglês e francês sem a ajuda de ninguém, deve no mínimo ser respeitado pela sua força de vontade e inteligência.

No meio desse ano, tivemos de fazer um trabalho sobre o Realismo, e pra quem não sabe, Machado de Assis é o maior representante dessa escola literária aqui no Brasil. Acontece que eu caí com o Machado, e tive de falar sobre a vida dele e também ler uma de suas obras. Imediatamente eu pensei em ler O Alienista , já que é um conto e também porque Dom Casmurro é a obra mais conhecida e não representava desafio nenhum pra mim. Li o conto, achei ótimo, narração objetiva (o que já é uma característica do Realismo), história boa, final meio óbvio mas impossível existir melhor. Além de ter adorado a obra, também soube outras coisas sobre a vida de Machado de Assis: ele era gago, epiléptico e foi casado com uma única mulher em toda sua vida, a portuguesa Carolina Augusta Xavier de Novais.

Hoje, depois de ler O Poderoso Chefão (e ter ficado apaixonada pela história, prometo um artigo comparando os livros aos filmes), comecei a ler Dom Casmurro, finalmente. Já estou no fim do livro e posso dizer que adorei a história, que apesar de ser da prosa Realista, tem muitas características do Romantismo, adorei as personagens e a narração de um dos maiores escritores brasileiros. Obviamente eu prefiro outros escritores e outros estilos de narração, mas desmerecer Machado de Assis, nunca mais.

Bem, se ele puder ler isso de algum lugar: Foi mal aí, Machado.

Notícia digna de nota:

Sai a primeira foto do filme Harry Potter e o Enigma do Príncipe, baseado na obra de J.K. Rowling

por Thalita Coelho

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: