Sobre o desânimo

Depois de alguns dias de férias não liberadas pela patroa, eu voltei. Estava em uma cidade no interior de São Paulo sem tecnologia, então creio que deve ser descontado da minha folha de pagamente desse mês.

Analisando: Já perceberam o quanto é desanimador ir ao cinema nos últimos anos? Fora algumas raras exceções. Por exemplo, nesta semana no meu município as opções de cinema são:

• “Antes só do que mal casado”: tudo bem, eu posso ser muito chato, mas o que esperar de um filme com um nome desses ainda mais quando o mesmo é “estrelado” pelo Ben Stiller? Eu não consigo achar ele bom, tampouco engraçado e muito menos consigo conceber um cara desses ganhar o que ganha pra fazer essas… produções que faz.

• “A encantada”: esta aí talvez o único filme que dê a mínima vontade de levantar e ir até o cinema investir 5 reais, caso tenhas carteira de estudante, não é? O filme mistura contos de fadas com vida real e é protagonizado pelo neurocirurgião do Seattle Grace, hospital do Grey’s Anatomy. Mas sempre que se espera muito de filmes assim a decepção é grande.

• “Hitman”: não faço idéia do que se trata, mas com um pôster em que o careca empunha duas armas cruzadas por cima de seu peito, tem um nome desses e a censura é 12 anos, pois é. Sem mais comentários.

• “Bee Movie”: animação em que uma abelha descobre que os humanos usam o mel para se alimentar e decide processar a humanidade. Por ser uma animação, atrai; pela trama principal do filme, atrai; mas, como não pode ser perfeito, ele é roteirizado pelo Seinfeld. Ele não consegue ser engraçado nem no seu seriado do início dos anos 90, e ele não conseguia fazer nem um gordo, baixinho e careca ser engraçado, não duvido que ele se supere e transforme uma animação numa coisa chata.

• “A lenda de Beowulf”: é uma animação que utilizou a mesma técnica do “Expresso Polar” com o Tom Hanks, de uns natais passados, lembra-se? Eu gostei daquele filme. Eu não tenho vontade de ir ver esse filme para não ver o que Hollywood é capaz de fazer com uma emocionante lenda nórdica. Nunca duvide da capacidade deles em destruir as coisas.

Por fim, para não arriscar, vou é ficar em casa com meus DVDs e com uns “torrones” daqueles chilenos vermelhos, deve ser melhor que ir até o cinema mais próximo e escolher entre estas opções.

por Sid

Advertisements

1 Response so far »

  1. 1

    Eu tambem ando preferindo ficar em casa com a minha coleção de DVD’s, mas eu gostei muito de Beowulf. Até porque um dos criadores do roteiro, é o Neil Gaiman. Olha, achei o filme foda, não estragaram a lenda nórdica e a Jolie está ótima como vilã 😉
    =*


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: