A bela e a fera

Naomi Cambell resolveu trocar de profissão. Deixou o rebolado de passarela na estação passada e comprou um bloquinho e uma caneta para atacar de jornalista. Quem está bancando a desventura em série a ex-super-modelo é a revista masculina britânica GQ, que em fevereiro terá uma entrevista feita por ela com Hugo Chavéz.

O conceito, em si, já é risível. Modelo em crise de meia idade (aos 37 anos ninguém mais a ama) resolve desenvolver carreira intelectual, começa por uma profissão que requer graduação, entrevista presidentes de países exóticos da América Latina (os quais, não devem ter muito a fazer além de se estenderem ao sol na praia) e, a azeitona da empadinha, Hugo Chávez.

Chávez e Naomi

Mas tudo isso perde a importância quando comparados com a pérola que Hugito soltou. Campbell, devota mantenedora de sua imagem como ícone fashion, puxa a sardinha para a área da moda. Possivelmente em busca de um gracejo, a pobre Naomi deve ter ficado desapontada ao perceber que o único elogiado foi outro déspota do continente, já que, segundo o presidente  da Venezuela, Fidel Castro é o líder mais estiloso do mundo pois “seu uniforme é impecável e sua barba elegante”.

por Thais Arrias Weiller

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: