Stardust: Livro X Filme

stardust.jpg

Livro: Stardust, mais uma obra magnífica de Neil Gaiman.

Depois de ler Stardust, eu pensei: se eles estragarem a história na adaptação para o cinema, vou ficar muito p***. O conto de fadas de Gaiman é ótimo, sombrio e foge dos padrões melosos dos contos de fadas convencionais. No livro existe uma vila na Inglaterra, chamada Vila do Muro, o nome deve-se ao fato de que essa vila é dividida por um imenso muro, mantendo distantes o mundo mágico do nosso. De nove em nove anos, é realizada uma feira em que a fronteira entre os dois mundos é quebrada. É numa dessas feiras que Dunstan Thorn, tem sua aventura com uma fada de olhos violeta, orelhas pontudas e escrava de uma bruxa horrorosa. Dessa aventura, nasce Tristran Thorn, o “herói” de Stardust. QuandoTristran atinge dezoito anos, ele atravessa os limites do muro para buscar uma estrela cadente caída, para sua amada e indiferente Victoria Foster. É aí que começa a história, pra valer, em que ele descobre que o que ele pensava se tratar de um pedaço de “pedra”, é na verdade uma garota irritada e linda, chamada Yvainne (coisa que só se descobre quase no fim do livro). Obviamente Tristran não é o único atrás da estrela: uma bruxa está o tempo todo no encalço de Yvainne, pois quer seu coração para que elas e suas irmãs possam comê-lo com o intutito de rejuvenecerem. Além da bruxa, os príncipes da Fortaleza da Tempestade também estão seguindo a estrela, sem saber, ela está com o rubi que coroará um deles (o que sobreviver) como Rei da Fortaleza da Tempestade. O livro é ótimo, eu amei, mesmo sendo previsível, a história é contada de maneira super diferente e cativante.

Filme: Mais um pra Sessão da Tarde.

Pra começar tudo fazendo porcaria, eles resolveram trocar o nome das personagens: não é mais Tristran, mas sim Tristan(alguns vão dizer: Tristan é mais fácil de procunciar, dane-se o que é mais fácil!), e seu pai que antes era Dunstan, agora é Dustan. Pode parecer detalhe bobo, mas eu considero o nome das personagens parte muito importante da história. A outra coisa que me revoltou, foi o fato de não existir a história da feira que quebra os limites entre mundo mágico e humano. Depois, a mãe de Tristran não tem olhos violetas, nem orelhas pontudas e muito menos cara de fada, e resolveram trocar muitos fatos importantes da concepção de Tristran, coisas que faziam da relação entre Dunstan e a Fada, mágica, e não uma fada vadia que leva pessoas pra dentro da barraca.

Quando a estrela do entardecer, Yvainne, conhece Tristran, você já nota o quanto deslocada e sem graça é Claire Danes, que definitivamente não passa a força de personalidade de Yvainne. Michelle Pfeiffer está ótima como bruxa, mesmo não tendo cabelos negros, ela convence muito bem como malvada e cruel. Robert De Niro interpretou um pirata caçador de raios, e seu papel foi muito modificado, no livro o pirata era apenas uma passagem, no filme eles fizeram dele parte importante e mudaram tudo o que acontece a bordo do navio.

No fim das contas, se eu fosse Neil Gaiman sairia muito triste por ver que transformaram minha história em filme de Sessão da Tarde.

PS: Queria agradecer os comentários, é muito bom quando dão dicas, só assim é possível mudar, né? : )

por Thalita Coelho.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: