O Poderoso Chefão volume I: Livro X Filme

Sim, eu gostei de comparar filme e livro. : D

brando.jpg

Don Vito Corleone (Marlon Brando) e suas bolas de algodão na bochecha

 


st1\:*{behavior:url(#ieooui) } Livro: Cativante e inteligente

Eu admito que nunca tive muita vontade de assistir O Poderoso Chefão, mas quando descobri que era uma adaptação do livro de Mario Puzo, e que meu pai tinha o primeiro volume em casa, resolvi que era interessante ler e depois assistir aos filmes.
Li o volume um d’O Poderoso Chefão faz um mês ou dois, se não me engano, e definitivamente é um dos melhores livros que já li. A representação da Cosa Nostra é ótima, as personagens te cativam e você se sente como um membro da máfia ítalo-americana. O Padrinho (que não por acaso é o Título original da obra: The Godfather) de todos, o grande Don Vito Corleone é quem comanda  uma das maiores e influentes Famílias de Nova York, a Família Corleone. Durante a leitura você começa a entender o termo siciliano não só como para designar alguém que nasceu na Sicília, mas também como alguém que tem colhões, alguém que é bravo e corajoso, alguém que merece cautela ao se lidar. É assim que os membros da Cosa Nostra perguntam se alguém é digno de respeito: “Ele é siciliano?”.
Além da história da Família Corleone, o livro conta partes da vida de “afilhados” de Don Vito Corleone, como o padeiro Nazorine, o dono de funerária Americo Bonasera que teve a filha estuprada por dois almofadinhas, Luca Brasi o assassino profissional que tem grande admiração por Don Vito e  também o grande cantor que começa a ver a carreira cair: Johnny Fontane.
Mario Puzo tem uma narração tão leve e divertida, que todo o livro é ótimo de ler, e eu não me lembro de nenhuma parte maçante. O livro me prendeu até a última página, amei tanto a história que acabei ganhando a Box Poderoso Chefão, com todos os filmes. Ainda não tive oportunidade de ler os outros livros, e por isso me recusei a ver mais do que o primeiro filme, este sobre o qual vou falar agora.

 

 keatongodfather.jpg mcorleone.JPG

 Kay Adams (Diane Keaton): Cara de cachorro sem dono e Michael Corleone (Al Pacino):  ele não fala siciliano!

 Filme: Adaptação fiel, se não fosse por…

O primeiro filme d’O Poderoso Chefão é tão fiel que as conversações parecem que foram tiradas do livro e coladas no roteiro, e eu falo sério. As personagens, no geral ficaram muito parecidas com as originais, e quase nada foi cortado do filme, cortaram apenas Nino Valenti, cantor e bêbado veterano amigo de Johnny Fontane e afilhado de Don Vito, o médico de Las Vegas Jules Segal e a tatuagem de Fabrizio,coisas que eram até bem importante pra história. O resto foram mudanças plausíveis em qualquer adaptação de livro para o cinema, algumas muito boas, outras péssimas.
A primeira coisa que se lembra quando falam d’O Poderoso Chefão, é de Marlon Brando no papel de Don Vito Corleone, e vão me desculpar, mas não gostei tanto assim. No começo, achei a voz do Marlon Brando tão fraca e sem força que deu vontade de chorar. Depois de um tempo, você se acostuma com a voz insuportável de Brando, que parece ter algodões nas bochechas (mesmo, existem boatos que ele colocou de verdade), e então as coisas boas chegam, como o ótimo Tom Hagen, o consigliere (conselheiro, pra ser mais clara) da Família Corleone, e  Sonny, o bonitão (e como) com fama de bem dotado da família. A amante de Sonny, Lucy Mancini foi uma decepção, pelo amor de Deus, desde quando aquela atriz é bonita? Lucy era uma mulher de quadris largos, não uma baranga. Continuando nas decepções femininas do filme, entra Diane Keaton, que interpretou a fogosa e moderninha Kay Adams, namorada do caçula da família Corleone, Michael. Diane Keaton transformou a Kay Adams moderna em uma Kay chata e de se ter pena, muita pena. No livro, Kay e Michael tem uma relação quente, e no filme essa relação é mostrada como fria e sem paixão.
Quanto a Michael Corleone que é interpretado por um Al Pacino com cara de adolescente, quase irreconhecível, não tenho muito do que reclamar, ele interpretou muito bem o papel, mas tem uma coisa que me revoltou muito: Al Pacino não se deu ao trabalho de aprender duas ou três palavras em siciliano, só pra dizer que Michael sabia falar o dialeto, ele preferiu fingir que entendia quando alguém falava em siciliano com ele, e logo depois respondia em inglês, o que pra mim é um insulto a inteligência de quem assiste o filme. Em uma cena, um certo  Solozzo, diz para um companheiro que vai falar com Michael em siciliano, para que só os dois entendam. Solozzo começa a falar o dialeto, Al Pacino balança a cabeça enquanto ele fala, e depois responde em inglês. É de chorar.
Outra personagem que pra mim, foi um absurdo o ator que escolheram, foi para Luca Brasi. Luca Brasi, o assassino profissional e meio louco, era baixinho e forte, e não gordo e grande. Tenha dó. Outra coisa que achei super estranha, foram umas cenas sobre Apollonia, a linda italiana que surge mais tarde na trama. Esta no filme, tem cabelos lisos e nem é tão linda quanto é descrita no livro, no qual ela tem cabelos cacheados e é simplesmente maravilhosa. Mas o mais engraçado, é quando a personagem Fabrizzio, que surge mais tarde, pergunta ao dono do bar se ele conhece uma moça com vestido roxo, quando na verdade ela usava um vestido marrom. E que tipo de pessoa pergunta sobre alguém dizendo a cor do vestido? Normalmente se dá alguma característica física, ou eu estou errada?
No fim das contas, eu gostei muito do filme, ele foi muito fiel quanto a acontecimentos, e apesar desses detalhes desagradáveis, eu dou nota 10 pro filme e entendo que nem tudo pode ser perfeito. Mas são os detalhes da história que dão a graça, não?

 

por Thalita Coelho. rukofeliz.jpg

Advertisements

2 Respostas so far »

  1. 1

    Ady said,

    Keep up the good work.

  2. 2

    Na imagem mostra bem uma mão segurando um aparato de marionete, O QUE QUER DISER ISTO


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: