300-de Esparta: HQ e Filme

300 me chamou a atenção, primeiro, porque era uma HQ de Frank Miller sendo adaptada pro cinema, e vendo o bom resultado de Sin City (fora a estúpida Nancy, interpretada por Jessica Alba, mas isso é coisa pra outro post), fiquei empolgada com o possível resultado, ainda mais que Frank Miller estava lá (de novo) pra tomar conta da sua obra. Depois o orgulho de um brasileiro trabalhando no filme, Rodrigo Santoro, mesmo que ele não tivesse sido a primeira opção pro papel, me entusiasmou ainda mais. Eu vi 300 duas vezes, no cinema. Vi mais 300 vezes (haha, entenderam o trocadilho? Tá bom, essa foi péssima) em casa, e comprei o DVD. Já deu pra notar que dessa vez eu não vou sair esculachando como eu faço com quase toda adaptação, né? Pelo menos não muito. : )

PS: Contém spoilers, amigos.

A HQ: Obra prima e todas aquelas coisas

Só recentemente tive a oportunidade de ler a HQ de 300, dei de presente de Dia dos Namorados (um presente meio duas caras, confesso) e já li. Posso dizer, que fiquei roendo as unhas pra saber se haviam na história original algumas cenas do filme, que pra mim eram muito legais, mas pouco prováveis de estarem na HQ.

Pois bem, eis minha opinião sobre a HQ: É linda, história ótima, Frank Miller sabe como fazer um personagem se tornar carismático, sem falar na esperteza de utilizar um fato histórico tão interessante, como a Batalha das Termópilas, que teve frases tão chocantes quanto qualquer outra inventada numa HQ, como por exemplo, a parte em que um persa diz que as flechas cobrirão o sol, e o espartano rebate: “Então nós lutaremos à sombra”. São essas e outras características que fazem do incidente algo altamente interessante, e Frank Miller tolo não é. Apesar de ter se aproveitado da História pra compor 300, é muito óbvio o nível de criatividade e fantasias no enredo, mas isso que se fod*, afinal de contas, existe licença poética. A HQ é linda, a história é ótima, os personagens são ótimos e Frank Miller, outra vez, me deixa babando.

Gorgo: faz falta na HQ

O Filme: Coisas novas, que não atrapalham.

Eu definitivamente não gosto de ver um filme baseado em HQ/livro e só depois ler a obra original, mas infelizmente foi isso que aconteceu com 300. Eu assisti ao filme, amei, revi, revi de novo, comprei o DVD e tenho até o cartaz do filme. E não me arrependi de nada disso, mesmo depois de ler a HQ. O filme de 300 mantém a essência da obra de Miller, e até adiciona coisas muito legais, sem que elas atrapalhem na história.

Foi super estranho ler 300, e não ver escrito “AHUL! AHUL! AHUL!”, sério, foi SUPER estranho. Mas beleza, eu entendo, não era lá uma coisa que Frank Miller deve ter pensado na hora de escrever: Ah! Vou criar um grito de guerra dos espartanos! Quem sabe fica bom num filme? É, não. Mas o grito de guerra foi o de menos, senti muita falta mesmo foi da Gorgo, a esposa do Leônidas, puxa, foi tão legal pra uma mulher (ainda mais extremamente feminista) ver uma espartana tão poderosa e fria como um soldado. A cena em que ela apunhala o traidor, e diz: “Isso não vai ser rápido, você não sentirá prazer. Eu não sou sua rainha” é altamente fod*, e confesso que fiquei decepcionadíssima em não ver Gorgo tão focada na HQ, mas isso eu tenho que reclamar com Frank Miller. (HAUHAUHAUH). Fora isso, eu digo pra vocês: a adaptação de 300 é muito fiel, tanto na história, como nas imagens, já que algumas cenas parecem que são do quadrinho (assim como em Sin City).

Eu falei, falei, falei, e não disse o que achei do Santoro como o vilão Xerxes. Muita gente xingou o pobre menino da hate list de LOST, mas eu, sinceramente, acho que ele interpretou o Xerxes perfeito: egocêntrico e gay.

Até que não fui tão mal, hein? Nem xinguei ninguém hoje. : )

PS: Vocês ficaram sabendo da intenção de se fazer uma continuação/prelúdio de 300, para o cinema? Minha opinião? Frank Miller, pelo amor de Deus, não…

por Thalita Coelho.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: