Balanço Haute Couture inerno 2009

Os lançamentos do Couture parisienses começaram no domingo passado (29) e foram até ontem (30). Infelizmente, não consegui fotos de todos os defiles, mas vou postando conforme consigo, ok? Cá estão as melhores dos quatro desfiles que consegui e um pequeno comentário a respeito. Só lembrando; como já dissemos, algun designer novos lançam suas coleçoes simultaneamente com a alta costura para aproveitar a cobertura da mídia.

John Galliano tentou se aproximar mais dos valores estéticos propostos por Christian Dior na coleção da marca, porém me pareceu uma aproximação meio esteriotipada. O designer francês pregava sim o luxo e a extravagância por meio de cinturas finissimas e exesso de tecidos, mas esta era a opulência na década de 1950; a forma de tratar isto hoje poderia ter um conceito mais sofisticado. De qualquer forma, as peças estão muito bonitas.

Christian Dior Christian Dior Christian Dior Christian Dior Christian Dior Christian Dior Christian Dior Christian Dior Christian Dior Christian Dior Christian Dior Christian Dior

Giorgio Armani Privê, o nome da marca de Armani na Couture, aparentemente, optou pela desconstrução de sua peça mais famosa desde a década de 1980: o terno. Por isto, fraques, blazers e muito preto, branco, cinzas e nudes foram utilizados. Até os vestidos de gala mimetizam, em seus decotes ou talhes, o corte de um bom terno.

Giorgio Armani Prive Giorgio Armani Prive Giorgio Armani Prive Giorgio Armani Prive Giorgio Armani Prive Giorgio Armani Prive Giorgio Armani Prive Giorgio Armani Prive Giorgio Armani Prive Giorgio Armani Prive Giorgio Armani Prive Giorgio Armani Prive

As peças do desfile de Anne Valerie Hash foram marcadamente inspiradas na década de 1960 mas com uma aparencia bem moderna. Lembram um pouco a Balenciaga de agora, mas com trajes de uma rígidez menos estática e sem marcação na cintura. Houve, também, alguns trajes mias fluídos, mas eram minorias. As cores eram ou preto, ou prata ou tons claros e não houve presença significativa de estampas.

Anne Valerie Hash Anne Valerie Hash Anne Valerie Hash Anne Valerie Has Anne Valerie Hash Anne Valerie Hash

Alexis Mabille também utilizou o terno marculino como base de algumas de suas criações, mas não de maneira tão forte quanto Armani. A cintura também não foi marcada a os tons foram ou claros ou preto. O que foi utilizado de interessante foram os tecidos transparentes em detalhes, como se o forro da roupa tivesse parado do lado de fora.

Alexis Mabille Alexis Mabille Alexis Mabille Alexis Mabille Alexis Mabille Alexis Mabille Alexis Mabille Alexis Mabille Alexis Mabille

por Thais Arrias Weiller

Anúncios

1 Response so far »

  1. 1

    Vista-se said,

    […] grande parte dos compradores da marca. Bem, toda esta introdução só para mostrar que um dos vestidos Dior desfilados há menos de uma semana e que irá ser comercializado apenas em agosto foi usado em Cannes (ou seja, há quase dois meses) […]


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: