Os turcos mais maringaenses que o rock nacional já viu


Depois de duas semanas corridas de uma universitária que pensa que o dia tem mais de 24 horas, é com o maior prazer que volto a falar de musica para o Vista-se.
E a banda de hoje é maringaense, A Sexta Geração da Familia Palim do Norte da Turquia, formada por Hastur, Hastan, Hassanz, Hassen e Hashid. Talvez a maior banda de Maringá, em todos os sentidos possíveis que a palavra ‘grande’ possa significar, a começar pelo nome, que nem mesmo os integrantes da banda podem explicar direito o porquê.
Mas a novidade dos Palins (como prefiro chamá-los devido a extensão do nome), está no lançamento do seu segundo CD. Quantas bandas você conhece de rock alternativo que tem um CD gravado? Pois é, provavelmente poucas, mas os Palins desafiaram as leis da natureza e do mercado fonográfico e já estão no segundo.
A banda começou no inicio de 2006 e no mesmo ano lançaram seu primeiro CD, que foi gravado “na raça”, ou seja, com investimento próprio e ainda por cima não foi comercializado. Fizeram distribuição nos shows e para a imprensa.
Suas músicas são famosas pelo apelo irônico, porém nada disfarçado. A Família Palim fala daquilo que gosta e do que não gosta sem o menor pudor, e sem economizar palavrões ou frases engraçadas. “Isso é indie demais, isso é indie demais pra mim”, é um exemplo que como não economizam palavras para expor seus sentimentos.
Outra característica das músicas dos Palins é que sempre “homenageiam” pessoas. No primeiro CD fizeram algumas dedicatórias para seus amigos, nesse ponto podemos incluir em suas características, que as letras das musicas são descrições de fatos do dia-a-dia que acontece com os cinco rapazes. Mas também foi citado no disco celebridades como João Gilberto, Paulo Ricardo, Caetano Veloso e Toni Garrido, mas não pense que receberam elogios: “Espero que você morra hahahahahahahahaha”, é o refrão da música.
No segundo CD celebridades como Mayara Rodrigues (atriz pornô) e Padre Quevedo dividem a contra-capa. Mas o disco foi muito bem trabalhado, e recebeu o nome “Por que no te callas?”. Esse álbum teve o apoio do selo paulista Volume 1, que também produz a banda curitibana Charme Chulo.
E o disco novo, que mal foi lançado, já está chamando atenção de diversos públicos, até mesmo da MTV. Mês passado os turcos gravaram um programa com a banda gaúcha Cachorro Grande, onde foram apontados como uma das revelações do rock no sul do país. Além disso, a Família Palim também tem esporadicamente realizado shows em diversas cidades do estado e fora também, como em São Paulo, Goiás e Mato Grosso.
Se você ficou curioso para conhecer o som desses turcos que não têm papas na língua acesse o My Space deles: www.myspace.com/familiapalim .
Até semana que vem, eu espero!

Familia Palim

por Lizandra Gomes Lizandra Vistase

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: