“Chriatividade” em produtos que fogem do padrão massificante

Acessórios Chria     Acessórios Chria     Acessórios Chria     Acessórios Chria     Acessórios Chria     Acessórios Chria

A marca blumenauense “Chria” nasceu há sete anos e comercializa desde objetos de decoração até objetos de uso pessoal com aroma de baunilha. A marca surgiu da necessidade que a arquiteta, artista plástica e idealizadora, Christiane Mundim Lindner, encontrava quando procurava objetos para decorar ambientes. “Chria” é a junção do nome de Christiane com a palavra “criar”. Christiane comentou que o seu interesse pelas artes plásticas veio antes da faculdade de arquitetura.
A facilidade em criar e trabalhar com pintura foram os motivos que fizeram com que ela criasse uma coleção de gravuras. “Eu fiquei durante 6 meses trabalhando com gravuras, deixei toda a arte pronta e fiz molduras para vender os quadros pela Chria. Foi nesse momento que a Chria nasceu, dessa vontade de ter esses quadros com essas gravuras diferenciadas para os projetos de arquitetura”. Ela contou que no início, seu interesse era vender esse quadros para lojas de decoração do Brasil inteiro. A marca passou praticamente 3 anos parada, mas com a retomada outros produtos foram surgindo.
O cheiro de baunilha, a exclusividade das peças e as embalagens pintadas a mão são aguns “cuidados” que Christiane tem em relação aos seus consumidores. “Hoje em dia tem muita massificação, e as pessoas estão cansadas de serem tratadas por número, código. A gente vê muita coisa igual sempre, e a gente quer ser diferenciado”.
Os produtos da Chria são confeccionados a partir da técnica “hand made art”, um trabalho artesanal feito a mão. “Além de ser feito a mão, tem muita arte agregada ao valor dos nossos produtos”. Christiane é a responsável pela elaboração das peças. De acordo com ela, planejar uma peça da Chria e uma obra arquitetônica exigem praticamente os mesmos cuidados. “Analisando a essência, é muito parecida uma coisa com a outra porque na arquitetura se trabalha para uma pessoa e na Chria a gente também trabalha para uma pessoa, só que são objetivos diferentes. A arquitetura trabalha com um espaço onde o homem vai viver e a Chria trabalha com um utilitário que a pessoa vai usar para deixar mais prático o seu dia-a-dia, seja uma bolsa ou uma xícara. Quando eu faço um projeto arquitetônico eu busco materiais sustentáveis e com as bolsas também é assim”, comparou.
Os objetos já são vendidos para vários estados brasileiros e há dois anos estreou a loja estrangeira, em inglês. Os produtos comercializados são diferentes na loja brasileira e na gringa. O perfil do consumidor, de acordo com Christiane é composto por pessoas que sabem valorizar a arte e o trabalho manual. “Eu digo que o produto da Chria é um produto acessível mas não é barato porque passa por um processo de elaboração, criação e acabamento final feito a mão, as bolsas são únicas”.
Questionada sobre a inspiração para as peças, Christiane respondeu que está criando durante o dia todo. “Eu gosto muito de observar as pessoas,.eu acho que o que mais me motiva a criar é essa observação constante das pessoas, na rua, no ponto de ônibus, o jeito que elas falam, o que elas pensam, o que está acontecendo em outros países”, explicou.
Para conhecer melhor a marca acesse http://www.chria.com.br.

por Mayah Gasparoto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: