Archive for Bafons

Gisele casada?

gisele

A fofoca do mundo fashion no momento é o suposto casamento de Gisele Bündchen e Tom Brady. Segundo informações da “US Magazine”, a modelo e o jogador de futebol americano se casaram ontem em uma igreja católica em Santa Mônica, Califórnia. A cerimônia foi apenas para a família e os amigos.
O vestido da noiva tem a assinatura Dolce & Gabbana.
Bom, é possível que a fofoca seja verdadeira, já que Gisele nunca gostou de falar de sua vida pessoal.

por Mayah Gasparoto

Anúncios

Leave a comment »

Fim de Watchmen e Ensaio sobre a Cegueira.

Hoje quero comentar sobre duas coisas bem diferentes. Primeiro, sobre o filme de  Watchmen, que já começa a gerar polêmica entre os fãs, pois o final do longa não condiz com o escrito por Alan Moore (que deve estar em casa com suas roupas excêntricas, amaldiçoando quem trocou o fim perfeito da graphic novel), parece que Kevin Smith disse, em resposta à um dos representantes do Omelete que o fim não deturpa a história original, e que faz sentido dentro do contexto. Quer saber o quê mudou e perder toda a graça de assistir o filme e ler a  HQ? (como eu, só que já li, então, só estraguei o fim do filme) Passe o mouse e confira a diferença polêmica: No gibi um monstro criado por engenharia genética é teletransportado ao centro de Manhattan, matando grande parte da população. No filme, o monstro será substituído por várias bombas que simulam os poderes do Dr. Manhattan, que explodirão nas principais cidades do planeta(aqui acaba o spoiler).

Então, eu não sei ainda se vou gostar desse tal final, admito que odeio qualquer tipo de modificação drástica em adaptações, mas prefiro analisar o conjunto, ou seja, o filme inteiro, e não apenas o fim.

A outra coisa da qual gostaria de falar, é sobre o livro Ensaio sobre a Cegueira, de José Saramago, mais especificamente sobre o que ele causou em mim (e em todos que o leram) e mostrar pra vocês o efeito que a adaptação causou no próprio Saramago.

Enquanto lia o livro, tinha durante quase todo o tempo uma emoção muito intensa, que me fazia ter vontade de chorar por diversas vezes (e eu não costumo fazer isso), esse romance passa uma humanidade demasiada (como diria Nietzsche), e com a epidemia de cegueira que cai sobre um país, desperta com violência o que há de pior no ser humano (e não o que há de pior em cegos, como afirma a Federação Nacional de Cegos norte-americana). Em dois momentos determinados do livro, tive que fechá-lo e me concentrar pra que não me debulhasse no choro, que nem criança pequena. Amo livros que conseguem despertar reações e emoções tão intensas em quem os lê, e por isso Ensaio sobre a Cegueira entrou para a lista dos livros prediletos. Sei que as lágrimas que eu tranquei ao ler o livro vão despencar quando assistir ao filme. (Que vem vindo! Novembro já está aí!)

Agora, eu não sou a única a me emocionar com a história, José Saramago, quando assistiu ao filme, teve sua reação filmada. Eu tive que me controlar de novo pra não chorar (eu sei, ando chorona). Mas chega de chorumelas, assistam ao vídeo e tirem suas conclusões.

por Thalita Coelho.

Comments (1) »

Neil Gaiman sonha com filme de 1602

Depois de Louis Leterrier (O Incrível Hulk) ter tentado convencer a Marvel Studios de que a filmagem de 1602 seria maravilhosa, os boatos chegaram aos ouvidos de Neil Gaiman, autor da série de quadrinhos, que re-ambienta os heróis Marvel na época da Inquisição (tenho os quadrinhos e adoro a história), e ele declarou em entrevista à MTV: “Eu adoraria se alguém fizesse um filme de 1602. Eu adoraria me sentar na platéia, com meu balde de pipoca, e assistir a esse filme. É algo que me deixaria muito orgulhoso. Acho que é algo que fica mais e mais possível já que a Marvel está recuperando aos poucos todos os direitos de adaptação de seus personagens para o cinema. Há uns anos seria impossível sequer pensar em um filme desses, com Quarteto Fantástico aqui, Homem-Aranha ali e X-Men acolá”.

Ok, o problema é que os Direitos Autorais ainda estão aqui, ali e acolá. Uma pena que esse projeto tenha que esperar no mínimo uns 10 anos (sendo bem otimista).

por Thalita Coelho.

Leave a comment »

Historia a um click

O Metropolitan Museum of Art (mais conhecido pelas iniciais, Met) além de um dos melhores museus de arte do mundo (contendo coleções incríveis desde arte japonesa e chinesa até de utencilhos ocidentais medievais), também é conhecido internacionalemnte por seu incrivel acervo de peças de vestuario. Felizmente, agora não é preciso estar em Manhattan para poder apreciar seu acervo de peças da indumentária, já que mais 31mil peças estão disponíveis no site da seção do museu responsavel por elas, o Costume Institute.

O site ainda não possui uma interfase gráfica muito amigavel, e o melhor método de surfar no arquivo é por meio da busca. Digite o nome de algum designer que goste ou de alguma peça do vestuario para poder passear entre as imagens.

O vestido ao lado, por exemplo, é de autoria da Madame Lucile, uma designer inglesa do começo do século XX. É atribuído a ela a invenção dos primeiros desfiles, os quais, na época, se pareciam muito com shows.

por Thais Arrias Weiller

Leave a comment »

Barganha na Diesel!

Barganha da Diesel

Fans incondicionais da Diesel e sem muita verba , fiquem atentos! Por um dia, únicamente nesta sexta feira (10), a marca irá vender um modelo de suas calças por apenas R$300,00 . Tendo em vista que o preço comum dela é algo perto de U$240,00 (no Brasil, dificilmente a baixo dos R$1.000,00), não será estranho perguntar: estão loucos ou falindo? Não não, apenas o contrário. A marca está comemorando os 30 anos e, falando francamente, com uma estratégia até que um pouco convencional secomparada a outras peças de marketing da Diesel. Particularmente, meu exemplo favorito é de quando eles utilizaram, durante uma coleção inteira, uma dita famosa cantora do leste europeu como garota propagada e avisaram, nas vesperas do lançamento da coleção seguinte, que a cantora na verdade não existia e várias modelos e atrizes a representaram ao longo dos seis meses.

O modelo em questão é o Dirty Thirty (foto), um modelo novo mas que têm todas as caracteristicas tradicionais da marca italiana, como as lavagens, recortes e rasgos. A Oferta estará disponível tanto pela rede quanto em lojas da marca. No Brasil, a única que deve participar é a da Rua Haddock Lobo, nos Jardins.

Então resumindo; nesta sexta (10 de outubro), na Diesel dos Jardins calças por R$300,00. Mais detalhes da loja, a baixo.


Rua Haddock Lobo, 1573, Jardins
 (11) 3082-4937 / 3081-7500

por Thais Arrias Weiller

Leave a comment »

Listras horizontais emagrecem ou engordam?

A agência de notícias BBC Brasil publicou hoje, dia 12, uma novidade que ninguém esperava: diferente do que muita gente acreditava, as roupas listradas verticalmente deixam a pessoa com aspecto de ser mais gorda.
Essa revelação foi embasada em um estudo realizado pela equipe de pesquisadores da Universidade de York, na Inglaterra. Eles divulgaram que as roupas com listras verticais criam a idéia de um corpo com mais volume.
Peter Thompson, líder do estudo, contou que a pesquisa foi realizada com 200 pares de fotos de mulheres vestindo roupas listradas horizontalmente e verticalmente. As pessoas que analisaram as fotos constataram que as mulheres que usavam listras pareciam ser mais magras.
Há alguns anos, mais especificamente em 1860, o alemão Hermman von Helmholtz já havia feito uma constatação do mesmo gênero: listras horizontais alongavam o corpo. O estudo dele foi baseado na chamada “ilusão dos quadrados”, onde ele projetou 2 séries de linhas paralelas: uma vertical e outra horizontal, encaixadas em um quadrado. Mesmo possuindo o mesmo tamanho, o quadrado formado por linhas verticais parecia maior. Mas essa análise acabou sendo esquecida com o passar dos anos.
Resta saber se isso é realmente verdade ou se não passa de ilusão de ótica.

por Mayah Gasparoto

Comments (1) »

Brasileiro fatura o Eisner Awards!

O maior prêmio da HQ do mundo, Will Eisner, acaba de ser faturado por um brasileiro, e melhor: gaúcho!

Rafael Grampá, ironicamente, publicou seu primeiro álbum solo, o Mesmo Delivery nos Estados Unidos, e a HQ deve chegar aqui agora em setembro. A história parece perfeita pra um longa metragem, que inclusive sairá, já que o produtor de O Cheiro do Ralo (MUITO FODA!) comprou os direitos do quadrinho. A história é sobre a viagem de um caminhoneiro que carrega uma carga que não pode ser aberta, e tem cenas de deixar Quentin Tarantino arrepiado.

Não sei vocês, mas eu ’tou morrendo de orgulho.

por Thalita Coelho.

Leave a comment »