Archive for Semanas de Moda

Semana de Moda do Cesumar tem programação variada

 Semana de Moda do Cesumar

Começou ontem e segue até sexta-feira, a 2ª edição da Semana de Moda do Cesumar (Centro Universitário de Maringá). Estão programadas oficinas de maquiagem, de modelagem e de desenho técnico. O momento mais esperado pelos alunos é a palestra do estilista Jum Nakao, sobre a coleção de roupas de papel que apresentou há alguns anos na semana de moda de São Paulo, SPFW. Além disso, os alunos poderão participar do “desafio”, uma espécie de gincana onde deverão resolver um problema durante a semana. O evento é mais voltado aos alunos de moda da Instituição, mas pessoas de outros cursos e universidades também podem participar. A coordenadora do curso, Sandra Franchini, conta que as inscrições para as oficinas e para o desafio já foram encerradas, mas que ainda há vagas para as palestras porque o auditório é grande. A coordenadora comentou que muitos alunos sonham em conhecer o estilista Jum Nakao. “Foi bem complicado acertar a agenda para que ele estivesse aqui, mas ele foi muito acessível e nos atendeu muito bem. É um momento em que os alunos terão para estar próximos dessa pessoa que é um ícone na nossa área”. Para Sandra, essa aproximação dos alunos com um profissional da moda é muito válida porque mesmo Maringá sendo um pólo de moda, fica um pouco afastada dos grandes centros da moda. “É importante porque essas pessoas conseguem passar as experiências de vida pelo qual muitas vezes nossos alunos desconhecem. Essa semana de moda é uma oportunidade de trazer essa realidade para perto dos alunos”, comentou.

por Mayah Gasparoto

Leave a comment »

Semana de Moda de Maringá movimenta economia

As tendências de inverno estão sendo apresentadas no maior evento de moda da cidade, Maringá Moda Mix. O evento que começou ontem, 8, e vai até quinta-feira, 12, pretende atrair 50 mil visitantes. Como nos anos anteriores, a semana contou com personagens conhecidos do grande público, este ano Bruno Gagliasso e Paulo Zulu participaram do desfile de abertura. O Maringá Moda Mix é o momento de lançamento dos seis shoppings atacadistas da cidade: Avenida Fashion, MaringáVest, Feira Vest Mercosul, Portal da Moda, Vest Sul e Maringá Shopping de Calçados. O objetivo do lançamento simultâneo é facilitar o acesso dos lojistas às confecções. Segundo informações do SindVest, o setor confeccionista de Maringá é responsável por uma parte significativa da economia da cidade. Quatro milhões de peças são produzidas mensalmente, o que gera 70 mil empregos direta e indiretamente e resulta em aproximadamente R$ 250 milhões por ano.

por Mayah Gasparoto

Comments (2) »

O fenômeno Ronaldo Fraga

Terminou sexta-feira a Semana de moda do Cesumar. Como a gente já comentou, profissionais renomados foram à instituição e levaram um pouco de suas experiências aos alunos.

Ronaldo Fraga em Maringá Ronaldo Fraga em Maringá

O evento que foi comemoração dos 10 anos do curso, contou com a presença do estilista mineiro Ronaldo Fraga, conhecido como o “artista da moda brasileira”. Selecionei algumas partes da entrevista que eu fiz com ele:

Mayara: Muito tem se falado sobre os conglomerados de moda. Um exemplo disso que não deu certo foi a parceria do Alexandre Herchcovitch com o grupo Identidade Moda. Qual é a sua opinião sobre esses conglomerados?
Ronaldo Fraga: No mundo inteiro você tem exemplos que deram certo e que deram errado. Eu acho que é mais uma saída de uma possibilidade de gestão do negócio. Antes de qualquer coisa o estilista tem que ter muito claro o tamanho que ele quer ter. Se ele quiser dominar o mundo, fazer um desfile em Toquio, Paris, ele vai precisar se associar com um grupo financeiro que tenha tido os maiores lucros nos últimos dez ano no Brasil. Mas fora isso, eu acho que existe outros caminhos.

Mayara: O que você acha do fato de muitos estilistas assinarem coleções para linhas paralelas às suas?
Ronaldo: Eu acho isso um barato. Acabei de fazer uma linha para a Malwee, uma marca que tem 150 mil pontos de venda no Brasil inteiro. Com isso, uma pessoa que mora no Amazonas, que assiste meus desfiles pela televisão ou pela internet, pode ter uma peça desenhada por mim. Isso é a democratização da moda junto com a democratização da informação.

Mayara: Você gosta de fazer algumas inovações. Há algum tempo você fez ilustrações para as embalagens do papel higiênico “Neve”. O que você acha dessas misturas?
Ronaldo: Eu já fiz muitas coisas. Fiz também o rótulo e a caixa dos vinhos da Miolo e tenho outros projetos vindo. Eu acho que a moda pode estar estabelecendo diálogo com outras frentes, mas para que isso o estilista tem que ter construído aquilo que não surge da noite para o dia: a identidade da marca.

por Mayara Gasparoto

Leave a comment »

Semana de Moda no Cesumar

O Cesumar – Centro Universitário de Maringá promoverá sua semana de moda entre os dias 29 de setembro e 02 de outubro. O evento é destinado a estudantes e profissionais de moda e as inscrições já estão abertas. Elas podem ser feitas no site da instituição http://www.cesumar.br/curtas/moda2008.
Um dos destaques do evento será o estilista Ronaldo Fraga. Ele fará uma palestra sobre “Moda, Cultura e Humanização”, no dia 30. O cronograma completo e mais informações podem ser encontrados no site citado a cima.

por Mayah Gasparoto

Leave a comment »

Maringá Moda Mix superou expectativas

Muitas cidades fazem semanas de moda, onde as novas coleções são apresentadas. Maringá também teve sua semana de moda, o Maringá Moda Mix. O evento aconteceu na semana passada, começou na segunda, 4, e terminou na quinta-feira,7.
Atualmente é uma parceria entre os 6 shoppings atacadistas da cidade e é o representante do setor de confecção. O evento realizado na semana passada apresentou os lançamentos de roupas e acessórios para o verão 2009.
De acordo com o Presidente da Associação dos Shoppings Atacadistas do Vestuário de Maringá, Gediel Rodrigues, o Moda Mix conseguiu atender às expectativas e superou o do ano passado. Aproximadamente 15 mil pessoas circularam pelos 6 shoppings no lançamento das coleções. Os lojistas do Paraná compõem 30% dos compradores das marcas maringaenses. Os outros 70% são lojistas de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais.
Maringá cresceu bastante no setor atacadista nos últimos anos, uma prova disso é que a cidade é considerada o maior pólo atacadista do Sul do Brasil. Atualmente esse setor emprega 12 mil pessoas diretamente e indiretamente, além de 70 mil trabalhadores na parte industrial.
Há alguns anos, os shoppings apresentavam suas coleções em momentos separados. A união dos 6 shoppings ocorreu para diminuir os gastos da realização dos eventos. Essa junção também é importante para compradores de outras localidades. “É uma proposta interessante porque a pessoa que se desloca até aqui tem a chance de conhecer um pouco de tudo em um momento só”, explica Sabrina Levinton, coordenadora de moda do Senai Maringá.
Um diferencial da Cidade Canção em relação à outros pólos atacadistas são os serviços oferecidos aos compradores, como translados e café da manhã gratuitos.

por Mayah Gasparoto

Leave a comment »

Valentino

O último da safra de Haute Couture e, também, um dos mais esperados. A primeira coleção de Alta Costura da marca Valentino sem a direção criativa do estilista que a empresta o nome. Fica claro, na coleçao, a existência de suas “linhas” de estilo diversas. Uma procura dar mais valor à estrutura e o uso de tecidos mais rígidos, como a Balenciaga anda fazendo, e outra usa tecidos mais leves em uma clara inspiração da década de 1970 (a qual, segundo Valentino, era a que mais odiava em todo o período da moda). Houven o uso de muitos bordados ou tecidos brocados e as cores foram o preto, bege, creme e branco tradicionais da manson, o Vermelho Valentino (deixado para o final, claro) e alguns chapiscados azuis.

Valentino Valentino Valentino Valentino Valentino Valentino Valentino Valentino Valentino Valentino Valentino Valentino Valentino Valentino Valentino

por Thais Arrias Weiller

Leave a comment »

Givenchy e Gaultier

Mais um pouco da semana de Haute Couture.

O desfile de Givenchy lembrou em parte o de Saab, principalmente por que ficou claro em ambas coleções o uso da moulage, técnica de modelagem francesa que cria a roupa por meio de um manequim, e não apenas por moldes de papel. Os tecidos foram drapeados, formando quase que cascatas. De fato, a diferença estava aí; enquanto Saab procurou dar algo de estrutural e rígido as suas montagens, na coleção da Givenchy a escolha de tecdos fluídos deu bem mais movimento e informalidade aos trajes. Alias, estas peças lembram em muito as feita por Junya Watanabe no Inverno do pret-a-porte… não? Contrastanto com a fluidez destes trajes, houve peças mais rígidas, semelhantes à ternos, mas estas tiveram menos destaque.

Givenchy Givenchy Givenchy Givenchy Givenchy Givenchy Givenchy Givenchy Givenchy Givenchy Givenchy

Ao utilizar cores fortes e saturadas na mesma palheta (mas dificilmente na mesma peça) que cores muito conservadoras, tal qual o preto, creme e marrom, Jean Paul Gaultier deve ter se visto em um impasse; fazer uma coleção mais tradicional e não causar muito impacto pela escolha cromática, ou apostar em shapes pouco ortodoxos em conjunto a estruturas descontruidas de crinolina (“saiote” com armação de arame que as mulheres utilizavam por baixo das saias no final do século XIX). Preciso falar que a preferida foi a segunda opção? Some isto às peles, junção de cores opostas e saturadas, tricôs imensos, rendas, bordados, penas… Ok, já fizeram uma imagem…

Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier

por Thais Arrias Weiller

Leave a comment »